27 de Maio de 2020

Notícias

Covid-19: Prefeitura de Esperantina decreta uso obrigatório de máscaras

O objetivo é de garantir mais segurança à saúde dos esperantinenses

De acordo com o Decreto Municipal Nº. 191, último assinado pela prefeita Vilma Amorim, ficou determinado a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial em todos os estabelecimentos que estão com o funcionamento permitido, ou seja, serviços essenciais, em Esperantina. Recomenda-se o uso de máscaras artesanais, que podem ser confeccionadas, por exemplo, com tecidos de camisetas e elástico.

 

A prefeita Vilma Amorim reforça que, paralelamente à determinação municipal, está valendo o decreto Nº 18.947, do Governo do Estado, que estabelece o uso obrigatório de máscaras de proteção facial à população em geral nos espaços públicos.

 

“São medidas de enfrentamento à Covid-19, com o objetivo de garantir mais segurança para a saúde dos esperantinenses. As máscaras devem ser confeccionadas segundo as orientações do Ministério da Saúde e tornam-se necessárias para os trabalhadores no ambiente de trabalho, no caso de prestadores de serviços essenciais, bem como à toda população ao sair de casa, deslocar-se por vias pública ou permanecer em espaços onde circulem outras pessoas”, orienta a gestora.

 

Vilma recomenda que todos tenham uma máscara, de uso individual. “A máscara de proteção facial é de uso individual e não deve ser compartilhada entre familiares, amigos e outros. Todo mundo pode ter uma, pois é simples de fazer em casa. Reforçamos ainda que a máscara para uso profissional deve ser destinada aos profissionais de saúde, somente fornecendo excedentes para outras categorias”, pontua.

 

De acordo com estudos realizados com base nas experiências de sete países no combate à Covid-19, o uso de máscaras de proteção, juntamente com a higiene das mãos, são eficientes para retardar a propagação exponencial do coronavírus.