01 de Junho de 2020

Notícias

ENCHENTES: Esperantina integra plano de atuação no período chuvoso

Juntamente com a Defesa Civil e Bombeiros para minimizar os efeitos de enchentes.

Com o objetivo de definir estratégias de ações para a possibilidade de enchentes, a Prefeitura de Esperantina participou de uma reunião com a Secretaria de Estado da Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, no Quartel do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros, em Teresina. Juntamente com gestores de outros municípios que geralmente são afetados por enchentes no período chuvoso, o encontro ocorreu na manhã desta quarta-feira (29).  

 

De acordo com o secretário da Defesa Civil, Geraldo Magela, a ideia é traçar estratégias de prevenção com os municípios. “Essa é uma reunião preparatória para traçarmos estratégias junto com os municípios que historicamente são atingidos por enchentes com desabrigados para que se, por ventura, este ano, tiver essa situação, a gente possa agir rapidamente para evitar maiores danos à população”, explica.

 

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Frederico, explica que o planejamento dará a possibilidade de ações em tempo hábil e falou sobre o que já está acontecendo no sudeste do Brasil. “O nosso passo inicial é empregar um planejamento que possibilite uma atuação mais segura e equilibrada em caso de incidentes. Estamos na torcida de que nada de anormal aconteça, mas estamos acompanhando no país algumas dificuldades como o caso de Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo. Além disso, o Piauí possui casos antecedentes, principalmente nos municípios localizados na região do Médio Parnaíba. A parceria com os gestores municipais é fundamental para facilitar o trabalho do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil”, afirma Frederico.

 

Para a secretária municipal de Assistência Social de Esperantina, Regina Silva, a reunião foi de grande importância para que os municípios fiquem em alerta. “Esperantina é um município que possui muitas áreas de alagamento, por isso já temos um planejamento para atuação no período das chuvas. Um momento como esse só vem a somar conosco, além de contar com o apoio dos outros municípios também em uma necessidade. Tivemos enchente em 2018 e 2019 e a atuação do Corpo de Bombeiros foi de fundamental importância”, disse a gestora.

 

Dentre as ações que serão tomadas está o estabelecimento de posto de comando, local de recebimento de tropa, locais para desabrigados, mantimentos que poderão ser disponibilizados rapidamente e atuação da equipe de assistência social para identificação das pessoas que vão precisar de ajuda. De acordo com o Serviço de Meteorologia da Semar, março deve ser o mês mais chuvoso para a região norte do Piauí.

 

A reunião também contou com representantes do Serviço de Meteorologia da Secretaria de Estado do Meio do Ambiente e Recursos Hídricos (Semar) e da Coordenadoria de Comunicação (CCom).